Quarta-feira, 30 de Novembro de 2005
...................
" Lembro-me de quando era criança e via,
como hoje não posso ver,
a manhã a raiar sobre a cidade.
Ela não raiava para mim,
mas para a vida.
porque então eu,(não sendo consciente)
eu era a vida.
E via a manhã e tinha alegria.
Hoje vejo a manhã,tenho alegria,
e fico triste.
Eu vejo como via,
mas por trás dos olhos,vejo-me vendo.
E só com isso,se obscurece o sol,
o verde das árvores é velho,
e as flores murcham antes de aparecidas."


Fernando Pessoa


publicado por hagace às 13:45
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Aniversário
" No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu era feliz e ninguém estava morto.
Na casa antiga,até eu fazer anos era uma tradição de há séculos,
E a alegria de todos, e a minha,
estava certa como uma religião qualquer.
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu tinha a grande saúde de não perceber coisa nenhuma,
De ser inteligente para entre a familía,
E de não ter as esperanças que os outros tinham por mim.
Quando vim a ter esperanças, já não sabia ter esperanças."


Álvaro de Campos



Passam hoje setenta anos sobre a morte de Fernando Pessoa.
Esta, é a minha simples homenagem, que quero partilhar com vocês.


publicado por hagace às 12:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
25

26
27
28


posts recentes

Vão lá roubar p'ró car......

O desafio

A empata.........

...................

Aniversário

Uma agradável surpresa

Passagem das horas - Álva...

Em nome do Pai, do F........

António Aleixo (5)

Era só um banco porra !!!

arquivos

Fevereiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

blogs SAPO
subscrever feeds