Sexta-feira, 27 de Maio de 2005
Há séculos que............

Após uma viagem atribulada de combóio,chegamos finalmente ao Barreiro.Em passo acelerado saltamos para a gare e encaminhamo-nos para o barco com destino a Lisboa.Sempre acompanhados pela névoa matinal tipica da zona,a travessia lá se iniciou.
Junto a nós seguia um grupo de adolescentes, rapazes e raparigas em fim de férias.Um dos rapazes retira um gravador do interior de uma mochila e faz-se um breve silêncio no grupo.Nisto por coíncidência ou não, ao mesmo tempo que a névoa desaparece deixando ver a cidade toda iluminada pelo sol, irrompe do gravador a música dos Rádio Macau onde a voz inconfundivel da Xana grita "bom dia Lisboa ".Foi um momento mágico.
Pelo menos 18 anos já se passaram. Hoje ao ouvir anunciar o programa da RFM "Há séculos que não ouvia isto"aquele "Bom dia Lisboa" saltou do meu baú das memórias e afastando as teias do tempo,trouxe um pouco de alegria melancólica a este dia cinzento.
Trauteei ligeiramente a melodia,olhei para a minha esposa e no sorriso cumplice dela percebi que por breves momentos a estrada se transformou no Tejo.


publicado por hagace às 13:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 16 de Maio de 2005
Será só ciúme ??!!
Para a apanha de morangos os nossos vizinhos espanhóis contrataram mão de obra estrangeira.Sempre assim foi,só que desta vez não contrataram marroquinos e magrebinos, mas sim mão de obra oriunda dos países de leste.Até aqui tudo seria normal.A anormalidade é que a maioria desta gente é do sexo feminino,e as trabalhadoras dão nas vistas por serem jovens,altas,louras, terem olhos azuis,vestirem e cheirarem bem, e, usarem pouca roupa.Perante todos estes atributos os homens da zona andam um pouco alterados e consequentemente estalou uma crise de ciúmes colectivos entre as mulheres da zona. Pelo destaque dado pelos orgãos de comunicação social possivelmente estaremos perante uma nova forma de xenofobia,a xenofobia sexual femenina.
A ver vamos,mas que estes espanhóis foram espertos,lá isso foram !!


publicado por hagace às 14:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 9 de Maio de 2005
A Escola
Havia já uns minutos que olhavamos de soslaio um para o outro.De onde conheço eu este tipo ? Pelos vistos a dúvida era comum a ambos.
- Não andaste na escola ? Perguntou enquanto caminhava na minha direcção.
- Andei.
Quando respondi, já tinha a certeza que eramos conhecidos.É verdade.A escola,a nossa escola, ainda hoje funciona como uma palavra mágica, e no meu intímo sinto-me especial por lá ter andado.

Quero a propósito, lembrar o cinquentenário da antiga Escola Industrial e Comercial de Matosinhos,actualmente conhecida por Secundária Gonçalves Zarco.Quem por lá passou nunca mais a esqueceu.


publicado por hagace às 10:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 6 de Maio de 2005
Castigo
Acabei de ler que dois " etarras " foram condenados a 5520 anos de prisão.A pena é aplicada pela tentativa de fazer explodir um comboio.
Confesso que fiquei com pena deles.
Já imaginaram o que vai custar cumprir os últimos 20 anos !


publicado por hagace às 15:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

By Pablo Neruda (2)
Trouxeram-me um dia um cisne meio morto.Era uma daquelas maravilhosas aves que não tornei a ver no mundo,o cisne de pescoço negro.Um navio de neve,com o pescoço esbelto como que metido numa delgada meia de seda negra.Tinha o bico alaranjado e os olhos vermelhos.
Isto aconteceu perto do mar,em Puerto Saavedra,Imperial del Sul.
Entregaram-mo quase morto.Lavei-lhe as feridas e meti-lhe pedacitos de pão e de peixe na garganta.Vomitava tudo.No entanto,foi-se recompondo das magoadelas e começou a compreender que eu era um amigo.E eu comecei a compreender que a nostalgia o matava.Então,carregando com o pesado pássaro nos braços pelas ruas,levava-o ao rio.Ele nadava um pouco,perto de mim.Queria que pescasse e indicava-lhe as pedrinhas do fundo,as areias por onde deslizavam os prateados peixes do Sul.Mas ele olhava com olhos tristes para longe.
Todos os dias,durante mais de vinte,assim o levei ao rio e o trouxe para casa.O cisne era quase tão grande como eu.Uma tarde ficou mais ensimesmado,nadou perto de mim,mas não se distraiu com os musaranhos com que pretendia ensiná-lo de novo a pescar.Manteve-se muito quieto.Tomei-o outra vez nos braços para o levar para casa.Então quando o tinha á altura do peito,senti que se desenrolava uma cinta,algo como um braço negro que me roçou a cara.Era o seu longo e ondulante pescoço que caía.Assim aprendi que os cisnes não cantam quando morrem.




" Pablo Neruda - Confesso que vivi "


publicado por hagace às 14:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Maio de 2005
By Pablo Neruda (1)
Perguntam-me sempre quem é a mulher dos " Veinte Poemas ".É difícil responder.As duas ou trés que se entrelaçam nesta melancólica e ardente poesia correspondem,digamos,a Marisol e Marisombra.Marisol é o idílio da província encantada,com imensas estrelas nocturnas e olhos escuros como o céu molhado de Temuco.É ela que figura,com a sua alegria e a sua vivaz beleza,em quase todas as páginas,rodeada pelas águas do porto e pela meia-lua sobre as montanhas.Marisombra é a estudante da capital.Boina parda,olhos dulcíssimos,o constante aroma a madressilva do errante amor estudantil,o sossego físico dos apaixonados encontros nos esconderijos da urbe.


" Pablo Neruda - Confesso que vivi "





publicado por hagace às 13:44
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
25

26
27
28


posts recentes

Vão lá roubar p'ró car......

O desafio

A empata.........

...................

Aniversário

Uma agradável surpresa

Passagem das horas - Álva...

Em nome do Pai, do F........

António Aleixo (5)

Era só um banco porra !!!

arquivos

Fevereiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

blogs SAPO
subscrever feeds